• Ana Pinto

O Yoga Não É Só Para Mulheres!


De uma forma consciente ou não, a nossa vida é limitada bem cedo pela capacidade humana de julgar e analisar tudo à sua volta. O Yoga não será portanto um tema que esteja livre disso mesmo. E surge-me constantemente a questão de onde fica o Yoga na nossa sociedade e a sua evolução.


Na minha humilde e curta experiência como professora de Yoga, observo cada vez mais a ausência de praticantes com idades mais jovens e ao mesmo tempo um número reduzido de homens nas práticas. Será que o Yoga é igualmente categorizado como tantas outras práticas, por género?

Mas no Yoga não há forma de existirem práticas só para mulheres ou só para homens. O Yoga existe para pessoas corajosas, que querem reconhecer os limites do seu corpo ao mesmo tempo que ganham uma maior consciência mental. O Yoga é autoconhecimento, é a descoberta de si próprio através da respiração, e por vezes é nos momentos entre o equilíbrio e o desequilíbrio de uma postura que se encontra o ponto de brilho! O Yoga pratica-se no tapete mas estende-se pela vida fora. E é através do exemplo que partilhamos com as pessoas à nossa volta, de tranquilidade, generosidade, consciência e respeito pelo próximo que surge a verdadeira humanidade. Poderia descrever os inúmeros benefícios físicos que uma prática proporciona, mas já todos sabemos que o Yoga é muito mais do que trabalhar o corpo, e é de facto para todos!

Quando escrevi estas palavras senti muita vontade de conhecer e partilhar algumas visões do Yoga, por pessoas que me rodeiam ou que de alguma forma, fazem parte deste meu percurso. E que independentemente do género, da experiência de vida ou da idade, sentimos todos de uma forma muito própria mas muito similar, o Yoga nas nossas vidas.

Gonçalo Pôla | @goncalopola

Aluno do estúdio ThinkYoga

Conheço pouco sobre a história do yoga e comecei a prática de forma formal há muito pouco tempo. A meditação iniciei há 5 anos. Finalmente chegou a hora de juntar duas partes que são a mesma!

Só posso e quero falar sobre o que sinto.

Primeiro dizer que para mim a prática do yoga está a ser o que eu esperava e precisava. Gosto muito e a meditação por fim foi a descoberta da minha vida. Revelou-se um caminho, uma solução para o meu percurso. É espetacular pela sua simplicidade e resultados super positivos. Podemos fazer quando quisermos, onde quisermos, sem custos, relaxa a mente, e só tem benefícios.

Com o yoga estou a desenvolver uma maior perceção e consciência do meu corpo, trabalhando o aqui e agora na prática, sem julgamentos ou pré-conceções, revelando-se aos poucos numa maior consciência do meu corpo a cada momento, podendo com isso efetuar tarefas de uma forma muito mais focada, mais prática, divertida, preventiva e sã.

Divertida porque acho que tudo isto se resume a isso, conhecer e treinar a minha mente, para conseguir uma maior consciência, transportar isso para o fisico e a partir daqui é só diversão. Porque o autoconhecimento trás felicidade, e é essa paz e essa felicidade que procuro na vida. Naturalmente tudo isto se vai reflectir na minha forma de coexistir e partilhar este mundo, com respeito por todos os seres vivos.

São por isso duas ferramentas que vou levar para sempre na minha vida.

Obrigado.


Gustavo Valente | @grvphoto

Colega do Curso Professores de Hatha Yoga Funcional


Comecei a praticar yoga regularmente há pouco mais de 2 anos, mas tive o primeiro contato em 2006. Descobri que se “começar a deixar esfriar” não conseguimos colher os verdadeiros frutos. Foi quando em 2018 resolvi levar a sério e prometi a mim mesmo que iria inserir de verdade o yoga na minha vida, e passei a praticar regularmente, pelo menos 3 vezes por semana. A minha esposa é padeira e acorda muito cedo para o trabalho. Aproveitei essa oportunidade para me dedicar logo cedo (5:00am) ao meu Sadhana (rotina espiritual). Tomamos sempre o café juntos e a partir daí começa o meu dia.


Pratico uma 1 hora de Hatha Yoga Funcional e 45 minutos de Yin Yoga. Para mim o yoga vai muito além de uma atividade física. Yoga é o “caminho de volta para casa”, e a combinação Hatha Yoga & Yin Yoga me possibilita simultaneamente ativar e relaxar o meu corpo e mente.


Após as práticas sinto-me mais leve, mais vivo e com muita clareza mental. É muito benéfico para ajudar a tomar decisões importantes, principalmente se junto a essas práticas inserirmos também o hábito da meditação. É reservar um momento só para nós, olhar com carinho e atenção para os nossos pensamentos e sentimentos sem fazer julgamentos. Apenas investigar e verificar que nós não somos essas flutuações da mente.


Na verdade nós somos quem observa tudo isso, e essa é a chave principal do yoga. Uma ferramenta de autoconhecimento e observação para usarmos fora do tapetinho, seguindo em estado de equanimidade em nossa vida cotidiana, e assim nos relacionamos melhor com os outros, mas principalmente com nós mesmos.


54 visualizações